É fato que a tecnologia está cada vez mais presente no nosso cotidiano. Ela se tornou indispensável para os avanços em todas as áreas do conhecimento. Neste sentido, Clayton Christensen, o pai da teoria da inovação disruptiva, e seu colega Henry J. Eyring, apresentam o livro A Universidade Inovadora – Mudando o DNA do Ensino Superior de Fora para Dentro.

Sob o ponto de vista da “teoria da inovação disruptiva”, as análises apresentadas na obra buscam identificar os desafios atuais e sugerir soluções para adaptar os ambientes educacionais ao cenário moderno. Para fazer essas análises, os autores utilizam como objeto de estudos a Harvard University e a Brighmam Young University (BYU)-Idaho, e, a partir delas, embasam a discussão sobre sistemas e métodos de ensino que podem contribuir para a inovação apoiada na tecnologia e o consequente engajamento dos estudantes.

No livro, Christensen e Eyring defendem que para inserir a educação nesse contexto digital, os valores das Instituições de Ensino Superior devem ser repensados e reinventados. As duas Universidades apresentadas encontraram diferentes estratégias para aliar tecnologia e educação, por isso são tidas como exemplo.  A partir dos ensaios apresentados no livro, é possível ter uma visão esclarecedora sobre os caminhos e as mudanças necessárias para que uma universidade consiga garantir sua sobrevivência na Era Digital.

Tags: , , , , , | Categorias: | Post escrito por: Editoria