Lançado em 2007, o livro “As regras da inovação: como gerenciar, como medir e como lucrar”, de Tony Davila, Marc J. Epstein e Robert Shelton (Editora Bookman), aponta caminhos para que empresas, unidades de negócios, organizações sem fins lucrativos ou entidades governamentais possam colocar a inovação em prática. Dividido em sete capítulos com as sete “regras” para inovar, o livro aborda dicas para alcançar este objetivo através da utilização de instrumentos padrão de gestão, como estratégia, liderança, sistemas de gestão e pessoas. Entre os temas tratados, há a definição de inovação, como alavancá-la e como estruturar seu negócio para ser verdadeiramente inovador.

 

No livro, a inovação é vista como característica fundamental para o crescimento e a sobrevivência de qualquer companhia. Para os autores, trata-se de um processo que exige instrumentos, regras e disciplina específicos, bem como sistemas de avaliação e incentivos. Em suas palavras, a inovação é ingrediente indispensável para um sucesso sustentado e protege os ativos tangíveis e intangíveis de uma empresa contra a erosão do mercado.

 

A partir dessas perspectivas, são apresentadas sete regras para uma boa gestão, perpassando pontos como liderança, estrutura, estratégia, cultura organizacional, sistema de gestão e pessoas. Com o propósito de desconstruir mitos e meias-verdades relacionadas ao tema, os autores compartilham conhecimentos e experiências e apresentam diretrizes claras sobre a melhor maneira de administrar e executar a inovação em diferentes organizações. Nesse sentido, o livro cobre todo o conjunto de ferramentas de inovação, de forma a tornar possível avaliar a situação da empresa e identificar o que precisa ser aperfeiçoado para maximizar o valor para a companhia.

 

Os autores são todos consultores especializados em inovação atuantes nos Estados Unidos. Tony Davila é professor da Graduate School of Business, em Stanford, e atua como consultor para empresas da região do Vale do Silício. Marc J. Epstein é professor visitante na Harvard Business School, além de pesquisador visitante na Jones Graduate School of Management, da Rice University, e consultor especializado em implementação de estratégias de inovação. Robert Shelton, antes de virar consultor, foi vice-presidente e diretor executivo da Arthur D. Little e diretor executivo de Gestão de Tecnologia na SRI International (antigo Stanford Research Institute).

 

Com informações da Inventta.

Tags: , , , , , , , , , , | Categorias: , , , | Post escrito por: Editoria