O médico oncologista sueco Karl-Henrik Robert usou sua experiência com vários pacientes de câncer para entender como criar um mundo sustentável. Ao retratar seu longo processo de pesquisa, acabou criando um movimento ambientalista, The Natural Step, e um livro, The Natural Step: A História de Uma Revolução Silenciosa” (Cultrix, 2002), no qual retrata a estrutura necessária para um futuro sustentável, o qual se tornou uma referência em planejamento estratégico.

 

Poucas organizações têm sido tão influentes quanto a The Natural Step, hoje presente em diversos países inclusive o Brasil, em incentivar e inspirar as pessoas a criar um mundo mais sustentável. Neste livro, Robert conta em primeira mão como essas ideias sobre sustentabilidade evoluíram, comenta sobre o drama de “vendê-las” a um mundo às vezes relutante e explica o seu potencial para a revolução não só na maneira como administramos nossos negócios e conduzimos nossos governos, mas a maneira como consentimos, como seres humanos, em nos comportarmos com a sua paixão pela sustentabilidade, incluindo líderes empresariais, acadêmicos, jornalistas, ativistas e estudantes.

 

Robert, além de médico oncologista, é também professor de teoria de Recursos Materiais, na Universidade de Gotemburgo, na Suécia. Ele iniciou o movimento The Natural Step em 1989, e continua trabalhando incansavelmente pela sustentabilidade ao redor do mundo por intermédio desse movimento. Em 1999, Robert foi agraciado com o Green Cross Award de Liderança Internacional e, em 2000, com o Blue Planet Prize (considerado o “Nobel do Ambientalismo”).

 

No seu trabalho como oncologista, Robert percebeu que um grande número de pais fariam qualquer sacrifício para salvar seus filhos doentes de câncer, e, no entanto, esse mesmo desprendimento não parecia se estender aos esforços para salvar o meio ambiente. Convencido de que o consenso sobre como atender às exigências mais básicas da vida não só era possível, mas também a chave para fazer avançar a sustentabilidade, Robert deu início a um longo processo de consultas a cientistas e outras pessoas. Isso acabou levando a uma estrutura de referência para planejamento estratégico, considerando o sucesso futuro – a sustentabilidade social e ecológica – como o seu ponto de partida. A definição de quatro condições sistêmicas essenciais para a manutenção da vida na terra, junto com uma metodologia ampla sobre como aplicá-las estrategicamente, são hoje parte de um consenso mundial e estão na estrutura de referência da organização The Natural Step. Aceita por um número crescente de empresas, universidades e municipalidades mais importantes, a organização trabalha para melhorar o desempenho econômico sustentável por meio de uma maior dedicação à sustentabilidade social e ecológica por parte das empresas em relação à sua concorrência – não a despeito dela.

 

Mais informações no site da The Natural Step: http://www.thenaturalstep.org/pt-br/brazil

Tags: , , , , , , , | Categorias: , | Post escrito por: Editoria