O mesmo papel que os MBAs tiveram na estruturação da gestão de empresas, o design terá em diversos campos sociais. Com este novo mundo, onde as organizações hierárquicas competem com redes fluidas de cooperação, mais eficientes, a agilidade é o elemento central e o design torna-se o programa ideal para ensinar habilidades necessárias nesse contexto, de repensar atitudes.  Essa foi a mensagem de Joi Ito, diretor do conceituado MIT Media Lab, quando esteve no Brasil recentemente, participando do MIT Challenge Inovation 2013, que ocorreu em São Paulo entre 7 e 8 de maio. O evento foi realizado por empresários em parceria com o MIT, para debater inovação e tecnologia.

Ito, 46 anos, é um ex-empresário e ex-jornalista que nunca terminou as duas faculdades que cursou, já foi DJ e apresentador de TV até se consolidar como investidor de empresas. Hoje, está no conselho de empresas como “The New York Times”, Sony e Mozilla, além de ser diretor de um dos principais centros de inovação e tecnologia do mundo, responsável por estudos que buscam desde melhor interação de crianças autistas ao desenvolvimento de impressoras em 3D e projetos para combater as mudanças climáticas nas grandes cidades. Os pesquisadores do MIT já deram importantes contribuições tecnológicas ao mundo atual, do jogo Guitar Hero e do leitor eletrônico Kindle.

Confira neste link o artigo completo de Ronaldo Lemos, colunista da Folha de São Paulo e diretor do Centro de Tecnologia e Sociedade da FGV e do Creative Commons no Brasil, sobre a conferência de Joi Ito:

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/ronaldolemos/2013/05/1277596-design-e-novo-mba-afirma-diretor-do-mit-media-lab.shtml

 

Tags: , , , , , , , , , , , | Categorias: , , , | Post escrito por: Editoria